Secretaria de Obras, Saneamento e Urbanismo

Secretário: Plínio Soares dos Prazeres Júnior

Endereço: Rua Sete de Setembro

Telefone:

E-mail:

Horário de Funcionamento: 07h30min às 13h30min

Compete à Secretaria Municipal de Obras e Saneamento de Poço das Trincheiras as seguintes atribuições:

Promover os estudos econômicos, administrativos, estatísticos e tecnológicos necessários ao planejamento e execução de obras de engenharia e infra-estrutura urbana;

Executar, direta ou indiretamente, as obras públicas de responsabilidade do Município

Contratar, controlar, fiscalizar e receber as obras públicas municipais autorizadas;

Promover os levantamentos e avaliações de imóveis e benfeitorias do interesse do Município

Inspecionar sistematicamente obras e vias públicas, como galerias, obras de arte, dutos, avenidas, ruas e caminhos municipais, promovendo as medidas necessárias a sua conservação;

Agir em casos de emergência e calamidade pública, diligenciando a execução de medidas corretivas nas obras públicas e nos sistemas viários municipais;

Manter atualizado o cadastro de obras e dos sistemas viários e das drenagens no âmbito do Municipal;

Colaborar com os órgãos e entidades federais e estaduais responsáveis por obras de saneamento urbano, dos sistemas viários e demais obras de infra-estrutura;

Promover a execução dos serviços de construção de obras de drenagem, demais obras de infra-estrutura;

Promover a execução dos serviços de pavimentação por administração direta ou por empreitada;

Promover a operacionalização dos sistemas de drenagem do Município,

Promover a conservação das obras e vias públicas, através da administração direta ou por empreitada;

Coordenar a realização de obras e ações correlatas de interesse comum à União, Estado e ao setor privado em território do Município, estabelecendo, para isso, instrumentos operacionais;

Desenvolver atividades relativas à produção de asfalto e demais matérias primas, insumos, pré-moldados e equipamentos necessários à construção e conservação das obras e vias municipais;

Exercer o poder de polícia, no âmbito de sua competência;

Proceder, no âmbito do seu Órgão, à gestão e ao controle financeiro dos recursos orçamentários previstos na sua Unidade, bem como à gestão de pessoas e recursos materiais existentes, em consonância com as diretrizes e regulamentos emanados do Chefe do Poder Executivo;

Exercer outras atividades correlatas.